8 Tipos de Correias Industriais para usar em sua empresa.

tipos de correias industriais

Os principais tipos de correias industriais são encontrados nos equipamentos de toda indústria, seja ela de pequeno, médio ou grande porte.

A escolha adequada do tipo de correia é crítica não só para o desempenho eficiente do equipamento, mas também para evitar paradas inesperadas e custos de manutenção elevados. Além disso, é fundamental considerar fatores como a temperatura de operação, a presença de óleos ou produtos químicos, a carga e a velocidade de operação, pois todos esses elementos influenciam no desempenho e na vida útil da correia.

A princípio dizemos que as correias industriais são componentes fundamentais e essenciais para funcionamento da produção dessas indústrias. Sendo assim, você deve utilizar um material de qualidade e com garantia de procedência para evitar perdas!

Principais Tipos de Correias Industriais

Os principais tipos de correias industriais, que você encontrará no mercado são:

Cada tipo é adequado para uma aplicação. Vamos detalhar um pouco mais sobre os três tipos básicos de correias, considerando suas características e aplicações típicas:

Correias de Perfil em V:

especificar-ou-medir-uma-correia-em-V

 

  • Características: Estas correias possuem uma seção transversal em forma de “V”. São flexíveis e adequadas para serem usadas em polias com ranhuras em V.
  • Aplicações: Frequentemente usadas em situações onde é necessário transmitir alta potência. São comuns em motores de automóveis, máquinas agrícolas e industriais.
  • Vantagens: Oferecem boa aderência e eficiência na transmissão de força. Além disso, são capazes de trabalhar em altas velocidades e resistir a variações de carga.

Correias Transportadoras:

critérios de seleção de correia transportadora

 

  • Características: São fabricadas em diversos materiais, incluindo borracha, PVC e tecido.
  • Aplicações: Principalmente usadas em sistemas de transporte para mover materiais de um ponto a outro, como em esteiras transportadoras de minérios, cimento, grãos, entre outros.
  • Vantagens: Capacidade de transportar cargas pesadas e oferecer um movimento suave e contínuo, além de apresentarem uma ampla gama de aplicações devido à variedade de materiais disponíveis.

Correias Ranhuradas (Sincronizadoras):

transmissao-de-potencia-correia-sincronizada-roda-dentada-1-1

 

  • Características: Possuem dentes ou ranhuras que se encaixam em polias sincronizadoras. São feitas de borracha neoprene com reforço de fibra de vidro ou material similar.
  • Aplicações: Usadas onde é essencial a sincronização exata entre o eixo motor e o eixo movido, como em motores de automóveis (correia dentada) e em máquinas industriais de precisão.
  • Vantagens: A sincronização oferecida pelas correias ranhuradas elimina o deslizamento e mantém a eficiência da transmissão, garantindo a precisão no posicionamento.

Seleção do tipo de correia industrial

A escolha do tipo de correia industrial adequado para uma aplicação específica é um processo que envolve a consideração de diversos fatores técnicos e operacionais.

1. Tipo de Aplicação e Requisitos de Transmissão de Potência
Avalie a natureza do equipamento e o que será transmitido (potência, torque, etc.). Por exemplo, correias em V são frequentemente utilizadas para transmissões de alta potência, enquanto correias planas são preferidas para aplicações de transporte.

2. Distância entre Eixos e Alinhamento
Considere a distância entre os eixos da unidade motora e da unidade movida. Correias longas são mais adequadas para distâncias maiores entre eixos. Verifique o alinhamento das polias, correias sincronizadoras, por exemplo, exigem um alinhamento preciso.

3. Carga de Trabalho e Condições Operacionais
Analise a carga a ser aplicada na correia, incluindo picos de carga e variações. Também considere as condições operacionais, como temperatura, presença de óleos, produtos químicos, umidade e exposição a intempéries.

4. Velocidade e Rendimento
Determine a velocidade de operação necessária. Correias sincronizadoras são ideais para aplicações onde é necessária a manutenção da velocidade constante. Avalie a eficiência desejada, tipos de correias com alto coeficiente de atrito e pouco escorregamento são preferíveis para garantir um rendimento elevado.

5. Espaço Disponível e Restrições Físicas
Considere o espaço disponível para a instalação da correia e polias. Algumas correias requerem mais espaço devido ao seu perfil ou à necessidade de tensionamento.

6. Manutenção e Vida Útil
– Avalie a facilidade de manutenção e substituição. Correias que exigem manutenção menos frequente podem ser mais vantajosas a longo prazo. Considere a vida útil esperada da correia e sua resistência ao desgaste sob as condições operacionais previstas.

7. Consulte Fornecedores e Especialistas
Não hesite em consultar fornecedores ou especialistas em correias industriais. Eles podem oferecer insights valiosos e recomendar tipos de correias específicos com base em experiências anteriores e testes de desempenho.

A seleção do tipo correto de correia é fundamental para garantir a eficiência, a segurança e a confiabilidade do sistema de transmissão. Uma escolha inadequada pode resultar em maior desgaste, menor eficiência e, em última análise, em falhas prematuras do equipamento.

Ou seja, para que você não tenha ocorrências de acidentes, manutenções desnecessária, consequentemente, perda de produção, é obrigatório contar com correias que sejam de excelente qualidade.

Vantagens das correias nas transmissão de potência

A utilização de correias em sistemas de transmissão de potência traz algumas vantagens em relação a outros sistemas de transmissão. Vamos detalhar um pouco mais cada uma dessas vantagens:

1. Baixo Custo Inicial: Comparadas a outros sistemas de transmissão, como engrenagens ou acoplamentos diretos, as correias geralmente têm um custo inicial menor. Isso se deve, em parte, à simplicidade de seu design e aos materiais utilizados em sua fabricação.

2. Alto Coeficiente de Atrito e Resistência ao Desgaste: Cada tipo de correia é projetado para oferecer um bom atrito contra as polias, o que ajuda a evitar deslizamentos durante a operação. Além disso, os materiais modernos utilizados em correias são altamente resistentes ao desgaste, o que aumenta sua vida útil.

3. Funcionamento Silencioso: As correias operam com um nível de ruído significativamente menor em comparação com outros sistemas de transmissão, como as engrenagens. Isso é particularmente vantajoso em ambientes onde o ruído é uma preocupação.

4. Flexibilidade e Elasticidade para Grandes Distâncias entre Centros: A capacidade de operar eficientemente mesmo com grandes distâncias entre os eixos é uma vantagem significativa das correias. Elas podem acomodar variações no alinhamento e distâncias sem comprometer a eficiência.

5. Versatilidade e Amplas Aplicações: As correias podem ser utilizadas em uma ampla gama de aplicações industriais e automotivas. Sua versatilidade é reforçada pela disponibilidade em diversos tamanhos e tipos, adequados para diferentes necessidades de transmissão de potência.

6. Capacidade de Transmitir Grande Quantidade de Energia: Em muitos casos, as correias são capazes de transmitir uma quantidade significativa de energia, sendo eficientes para uma ampla gama de aplicações de transmissão de potência.

7. Baixos Custos de Manutenção: Embora as correias requeiram inspeções e manutenção regulares, os custos associados são geralmente menores quando comparados a outros sistemas de transmissão. A substituição de uma correia é também, na maioria dos casos, mais simples e menos dispendiosa.

8. Proteção à Unidade Motora: As correias podem atuar como um fusível de segurança em casos de sobrecarga. Em situações de excesso de carga, a correia pode deslizar ou mesmo romper, protegendo assim o motor e outros componentes de danos maiores.

9. Rendimento Elevado com Possíveis Escorregamentos: As correias apresentam um rendimento bastante elevado (entre 96% a 98%). No entanto, é importante notar que podem ocorrer escorregamentos, principalmente se o tensionamento da correia não for correto.

Essas vantagens tornam as correias uma escolha excelente para muitas aplicações industriais. Contudo, é essencial realizar uma análise criteriosa das necessidades específicas de cada aplicação para garantir a escolha da correia mais adequada, tanto em termos de tipo quanto de material, para maximizar a eficiência e a vida útil do sistema de transmissão.

Compre suas correias na JW Engenharia

A JW Engenharia é especialista em componentes de MRO para a indústria, temos no nosso estoque uma variedade tipos de correias industriais, todas fornecidas por empresas que investem na inovação e qualidade de seus produtos, como é o caso da Megadyne e Correias Mercúrio.

Então para garantir que sua empresa escolha os melhores tipos de correias industriais do mercado, basta entrar em contato conosco agora.

jw engenharia whatsapp

Compartilhe essa publicação!

Nos siga nas redes sociais

Principais Produtos

Artigos mais populares

Baixe nossos Catálogos

Conheça nosso canal no Youtube

Aplicação de Bandagem Industrial TAPEGLASS - Reparo em vazamento de tubulação PEAD de 6" (realizado em 3 minutos).

Reproduzir vídeo sobre reparo rápido definitivo feito com bandagem industrial tapeglass

Comparativo do desempenho Nord-Lock com vários tipos de arruelas em teste Junker de Vibração.

Reproduzir vídeo sobre gráfico do teste junker em arruelas nord lock